Registro Geral

terça-feira, 28 de setembro de 2010

FMUSP oferece bolsa para Especialização em Design de Comunicação Educacional

Perfil e regras de seleção – Disciplina de Telemedicina FMUSP

A Disciplina de Telemedicina da Faculdade de Medicina da USP faz saber aos interessados que, no período de 16 a 30 de setembro de 2010, estarão abertas as inscrições para a seleção dos candidatos à Especialização em Design de Comunicação Educacional, com enfoque em Projetos de Comunicação em Multimeios para a Educação em Saúde, com programação de atividades composta por:
Redes sociais baseadas em Internet
Propaganda e Publicidade
Programação Neurolinguística
Antropologia
Sociologia
Saúde
Psicologia
Comunicação em Saúde

I - VAGAS:
Será oferecida uma (1) vaga para a Bolsa de Especialização, no valor de R$ 2.200,00, destinada a portador de diploma de Curso Superior na área de Comunicação, outorgado há cerca de dois (2) anos por Instituição de Ensino Superior oficialmente reconhecida.

II - INSCRIÇÕES:
Período e local das inscrições:
As inscrições serão realizadas no período de 16 a 30 de setembro de 2010, exclusivamente pelo e-mail: renata.gaspari@telemedicina.fm.usp.br.

III - PROCESSO SELETIVO:
O processo seletivo será constituído de:
Análise do Curriculum Vitae e da carta de intenções de uma (1) página;
Prova escrita de português;
Prova escrita sobre as atividades da Disciplina de Telemedicina da FMUSP, com base no material que se encontra no Anexo;
Entrevista com banca avaliadora.

IV - CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO DOS CANDIDATOS:
a) Conhecimentos de gramática (inclusive do Novo Acordo Ortográfico) e de redação em língua portuguesa;

b) Conhecimentos mínimos sobre redes sociais;

c) Interesse na área de Saúde;

d) Interesse pelo meio acadêmico;

e) Perfil empreendedor;

f) Habilidade de revisar textos para:

- correção de erros gramaticais e ortográficos;
- adaptação de linguagem para diferentes públicos e mídias;
- rapidez para transcrever áudios e transformá-los em textos;
- capacidade e flexibilidade para trabalhar em equipe.

V – DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL:
1. A classificação final será divulgada a partir do dia 1° de outubro de 2010.
1.2. Documentos Exigidos:
a) Uma cópia do RG

b) Uma cópia do CPF

c) Uma cópia do diploma de conclusão do curso de graduação

Carteira de Trabalho.

VI - ANEXO
Leitura básica
http://www.projetohomemvirtual.org.br/
http://www.telessaudesp.org.br/
http://www.estacaodigitalmedica.org.br/edm/
http://www.jovemdoutor.org.br/jovemdoutor/default.aspx
http://www.jornalismoemsaude.org.br/
http://www.chaowen.med.br/
Manual dos jornais Folha de S.Paulo ou O Estado de S.Paulo

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Multimídia: Corrida Eleitoral - Candidatos a presidente nas eleições de 2010

Escolha seu candidato e dispute essa corrida maluca com os presidenciáveis das eleições de 2010. A velocidade dos carrinhos é proporcional à posição dos políticos nas pesquisas eleitorais e o dinheiro de campanha serve pra turbinar seu candidato. Mas tome cuidado com as pizzas e a boca de urna!
Concepção e edição: Fabiane Zambon, Fred Di Giacomo e Kleyson Barbosa; Texto: Fred Di Giacomo e Kleyson Barbosa; Design: Fabiane Zambon; Programação: Gil Beyruth; Ilustração: Simone Yamamoto; Colaboração: Bruno Xavier, Daniel Apolinario e Maria Gomes; Agradecimento: Douglas Kawazu
Fonte: Superinteressante

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Candidatos ao Parlamento Juvenil do Mercosul participam de palestra com Representação Brasileira

foto: Gil Pereyra
Estudantes do Ensino Médio, escolhidos para representar seus estados na seleção nacional do Parlamento Juvenil do Mercosul, assistiram palestra sobre a instituição do Parlasul e o processo de integração regional. O palestrante Antônio Costa Filho, secretário da representação brasileira no Parlasul e o senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS) – convidado especial – trouxeram os jovens ao debate social e comercial que abrange o bloco econômico.

Cento e vinte alunos de todo o país, acompanhados de professores, reuniram-se no auditório da TV Câmara nesta quarta-feira (15), no Congresso Nacional para assistir palestra sobre o Parlamento do Mercosul. O objetivo do evento é agregar informações institucionais, processo de integração, Protocolo Constitutivo e o histórico do Mercosul aos futuros integrantes do Parlamento Juvenil, apresentando a realidade em que se inserem e buscar meios para interferir positivamente nestas questões.
O senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS), parlamentar do Mercosul, participou como convidado especial para explanar sobre a importância da integração regional e a ausência do “sentimento sulamericano” no continente. “É importante reforçarmos o sentimento Sulamericano para que possamos nos tornar fortes como os europeus, os asiáticos, etc”, argumenta.
Outro aspecto inserido é a representação proporcional, ainda em discussão no bloco. O senador defende uma discussão ampla, incluindo os países associados e a adesão definitiva da Venezuela. “ Devemos discutir a proporcionalidade levando em conta a adesão da Venezuela... É preciso trazer todos os outros países para fortalecer e superar entraves comerciais, fronteiriços e de trabalho com os demais blocos”, conclui.
O secretário Antônio Costa Filho,palestrante, considera essencial a discussão do Mercosul dentro das escolas, aproximando mais os estudantes aos assuntos legislativos e ampliando as discussões sobre integração regional. “O envolvimento dos estudantes de todo o país nesta questão do Parlamento Jovem do Mercosul é de vital importância para a divulgação do Mercosul e para plantar a semente de uma verdadeira integração regional”, analisa.
Os estudantes permanecem em Brasília para a seleção dos 27 escolhidos até quinta-feira (16). O parlamento está previsto para acontecer em outubro, em Montevidéu, Uruguai. As secretarias estaduais de educação observaram uma série de critérios para selecionar os alunos: equilíbrio entre meninos e meninas, desempenho escolar, espírito de liderança e experiências de participação social.

*Reprodução autorizada desde que citada a "Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul".

Parlasul convida Ministros para definir representação dos sócios


A próxima reunião no Parlasul, 18 de outubro, conta com a presença dos ministros das Relações Exteriores para determinar número de cadeiras de cada país no parlamento regional.

Os chanceleres dos quatro países do Mercosul — Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai — serão convidados a participar de uma reunião com a Mesa Diretora do Parlamento do Mercosul (Parlasul), em 18 de outubro. Esta reunião deverá definir o acordo que decidirá o número de cadeiras a que cada um dos países terá direito no parlamento.

Durante a reunião da Mesa Diretora, realizada nesta segunda-feira (13), em Montevidéu - Uruguai, ficou entendida a necessidade de ter presentes os Ministros de Relações Exteriores para discutir o assunto. Segundo informações da Agência Senado, o parlamentar argentino Mariano West apresentou a proposta de que, já em 1º de janeiro de 2011, os países sejam representados segundo o critério da proporcionalidade atenuada — ainda não com os números definitivos, a serem adotados até 2014, ou antes disso, caso ocorra até lá o ingresso definitivo da Venezuela no bloco. Os parlamentares que tomariam posse em 2011 ainda seriam indicados pelos congressos nacionais dos integrantes do bloco, até que ocorram eleições diretas em cada um dos países.

Na Argentina, explicou West, seriam eleitos 43 parlamentares em 2011, o que equivale à bancada que o país terá ao final do período de transição. Mas apenas 26 assumiriam seus mandatos até que se aprove o ingresso da Venezuela ou até 2014. Na próxima etapa de transição, o Brasil deverá ser representado por 37 parlamentares, número que será ampliado para 75 ao final do período de transição.

*Com informações da Agência Senado.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

MERCOSUL: Representação Cidadã será debatida na XXV Sessão.

Parlamento do Mercosul aprecia proposta do critério de representação entre países do bloco. A proposta define duas etapas para adesão à Representação Cidadã, com base em estudo de projeção de crescimento populacional entre os membros. A reunião acontece nesta segunda-feira (13), no Uruguai.

O Critério de Representação Cidadã, Projeto de Norma pelo qual o Parlamento do Mercosul propõe ao Conselho de Mercado Comum ( CMC) a composição da representatividade aplicando o método de proporcionalidade populacional decrescente, está pautado entre os vinte assuntos debatidos na XXV Sessão do Parlamento do Mercosul. O projeto tramita na Comissão de Assuntos Jurídicos e irá para apreciação em plenário. Para a XXV Sessão do Parlamento do Mercosul, nesta segunda-feira (13), estão priorizados assuntos mais antigos, ainda em trâmite nas comissões.

O Conselho do Mercado Comum, principal órgão executivo do Mercosul, deve estabelecer o critério de representatividade para o parlamento, a partir de sugestão apresentada pelo Parlamento. O estabelecimento do número de cadeiras a que cada país terá direito permitirá a realização de eleições diretas nos quatro países (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai), e estabelece duas etapas para a implantação do critério de representação cidadã. Até 2014, Paraguai e Uruguai manteriam seus atuais 18 parlamentares por país, enquanto a Argentina contaria com 26 representantes e o Brasil teria 37.NA segunda etapa - a partir de 2015 - Brasil será representado por 75 e Argentina por 43 parlamentares. Paraguai e Uruguai manteriam 18 cada um.

Durante a 39ª Cúpula de Presidentes, a Argentina propôs estender indefinidamente a primeira etapa. Segundo a proposta, esses números permaneceriam em vigor enquanto se mantivessem as atuais funções e competências do Parlasul. A decisão foi adiada . para o período da presidência brasileira no bloco, em vigência até dezembro de 2010.

Outros temas em pauta:


- Proposta de Disposição que Institui o Dia da dignidade do Mercosul, reconhecendo o trabalho de pessoas no âmbito do jornalismo de investigação e a fiscais ou juízes que se destacaram em seus países na luta decidida contra a corrupção;
- Proposta de Declaração pela qual o Parlamento do Mercosul apoia a “Iniciativa América Latina e Caribe sem fome”, estimulada pela FAO;
- Proposta de Disposição pela qual o Parlamento do Mercosul aprova o Convênio Marco para ser firmado pela Presidência do Parlamento do Mercosul em representação do Órgão e a Comissão de Integração Energética Regional (CIER);
- Anteprojeto de Norma referente à harmonização das legislações sobre política urbana e uso social da propriedade urbana apresentado pelo Parlamentar Inácio Arruda;
- Projeto de Declaração referente à convicção e compromisso que adotam os Estados Partes em relação às iniciativas legislativas destinadas a democratizar a gestão das cidades;
- Proposta de Disposição de criação de uma Comissão Especial de Estudo e Diagnóstico sobre a controvérsia em relação à indústria remodeladora de pneus;
- Proposta de Disposição referente à criação de uma Comissão Especializada de alto nível para criação de uma Escola de Governo no âmbito do Parlamento do Mercosul;
- Proposta de Recomendação sobre o tema das Ilhas Malvinas;
- Proposta de Declaração na qual se estabelece que o Parlamento do Mercosul estimule através da comissão correspondente, a solução da controvérsia de pneus remodelados no âmbito dos procedimentos estabelecidos a partir do protocolo de Ouro Preto;
- Proposta de Recomendação ao Conselho de Mercado Comum (CMC) para que seja criada, no âmbito do Mercosul, uma agência de desenvolvimento destinada a assessorar os governos dos Estados Partes na elaboração de projetos a serem financiados com recursos do FOCEM, apresentada pelo parlamentar Aloísio Mercadante;
- Nota ,apresentada pelo parlamentar Romeu Tuma, solicitando que o uso das atribuições do artigo 4º do Protocolo Constitutivo , o Parlamento realize um pedido de Informes aos órgãos competentes do Mercosul, sobre o funcionamento irregular das emissoras de radiodifusão, a fim de que se tome providências para evitar os riscos à segurança do aeroporto brasileiro em Foz do Iguaçu;
- Proposta de Recomendação para criação de um Programa de Segurança Pública do Mercosul destinado a intercambiar informações e articular operações entre as distintas forças policiais dos Estados Partes, apresentada pelo Parlamentar Aloísio Mercadante;
- Proposta de Recomendação para instar os Estados Partes à defesa irrestrita do artigo 1º do Tratado de Assunção e à eliminação de todas as ações que coletiva ou individualmente se opunham ou dificultem a vigência da normativa;
- Proposta de Recomendação para que o CMC informe o Parlamento do Mercosul sobre o Projeto de Necessidades de Convergência Estrutural do Mercosul;
- Proposta de Recomendação para que o órgão pertinente do Mercosul adote uma legislação comum para a residência legal do cidadão do Mercosul;
- Proposta de Recomendação para o Grupo de Mercado Comum (GMC) coordenar a adoção das medidas necessárias nos países membros para estabelecer requisitos mínimos de segurança padrão na documentação dos cidadãos do Mercosul;
- Proposta de Recomendação ao CMC para unificar trâmites de ingresso aos países do bloco com livre trânsito de cidadãos do Mercosul;
- Proposta de Disposição para realização de uma Audiência Pública para que o Parlamento possa debater a conveniência afirmativa ou negativa de legalizar a maconha;
- Projeto de Norma referente ao Protocolo Constitutivo da Corte de Justiça do Mercosul.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Cidadania e Direitos Humanos requer Comissão Permanente em Defesa dos Imigrantes


Parlamentares do Mercosul decidem apresentar proposta de criação de uma Comissão Permanente em Defesa dos Imigrantes. O pedido será apresentado na próxima sessão em Montevidéu, dia 13 de setembro.



A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos do Parlasul decide apresentar proposta de criação de uma Comissão Permanente para tratar das questões do imigrante, tema abordado durante encontro no Congresso Brasileiro nesta quarta-feira, 1º de setembro. Os parlamentares discutiram temas a ser incluídos na pauta da próxima sessão plenária, em 13 de setembro de 2010.

O Senador Geraldo Mesquita Junior (PMDB/AC) abordou o tema do imigrante declarando que a Comissão Diretora do Parlamento deve assumir uma postura mais firme diante das questões da imigração. O projeto encontra-se na Mesa Diretora do Parlamento do Mercosul, que segundo o senador, não demonstra muito interesse em levá-la adiante. Mesquita teve por base o recente massacre envolvendo brasileiros na fronteira do Mexico com os Estados Unidos. Diante disso, o parlamentar conclui que há necessidade de o parlamento instituir uma comissão permanente.

" É de fundamental importância a criação dessa comissão que cumprirá um importante papel no Parlamento do Mercosul para fazer um levantamento dos imigrantes latinos mundo afora e estabelecer interlocução direta com outros parlamentos, adotando medidas de comum acordo para que os nossos não sejam tratados como meliantes", declara Mesquita. Neste caso, o parlamentar afirma que a subcomissão temporária não teria autoridade suficiente para fazer todo este trabalho.

O Parlamentar paraguaio Carlos Villalba Rotela, membro da comissão, reforça os argumentos do senador Mesquita e propõe que o tema deve constar na pauta da XXV Plenária, em Montevidéu. " Creio que a Plenária deve decidir soberanamente sobre esta questão no próximo dia 13 de setembro", diz Rotela.

A parlamentar Mirtha Palacios, presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos do Parlasul, deliberou a proposta, que deve ser encaminhada com base no artigo 142 do Regimento Interno do Parlamento do Mercosul, que considera a preferência toda proposição que tenha por objeto a consideração imediata, com prioridade sobre todos os demais assuntos, com ou sem informe da Comissão.Caso seja parovado o requerimento em Montevidéu, a proposta irá imediatamente para votação.


Comissão de Segurança e Defesa


Os parlamentares tiveram novo encontro, após o almoço, para discutir temas da Comissão de Assuntos Internos, Segurança e Defesa. Gustavo Penadés, do Paraguai, presidiu a reunião, que teve presença do senador Sérgio Zambiasi (PTB/RS). A reunião aconteceu no plenário 19, Ala Alexandre Costa - Senado Federal.


Reprodução autorizada desde que citada a "Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul".
www.camara.gov.br/representacaomercosul

Vídeo

Loading...