Registro Geral

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Cultura: Abriu em Abril realiza palestra sobre Arte Contemporânea

A Artista Visual e doutoranda em Poéticas Visuais pela USP Renata Pedrosa promove neste sábado palestra de tema “Intervenção Pública”

A programação do Projeto Abriu em Abril de exposições, traz nesta sábado dia 17/04, palestra sobre Arte Contemporânea com o tema “Intervenção Pública” ministrada pela Artista de São Paulo Renata Pedrosa.
A palestrante é artista visual e doutoranda em Poéticas Visuais pela ECA (Escola de Comunicação e Artes da USP) e começou em 2002 a fazer intervenções públicas em cidades como São Paulo, Blumenau e Brande na Dinamarca. Estas experiências levaram ao estudo e reflexão sobre as várias possibilidades de atuação no espaço público.
Nesta palestra a artista apresenta sua experiência no espaço público e busca refletir sobre obras de intervenção pública a partir dos anos 60, iniciando com o conceito de “abandono da lógica do monumento” de Rosalind Krauss, passando pela exposição de trabalhos de conceituados artistas internacionais como, Richard Serra, Krzysztof Wodiczko, Daniel Buren, Robert Smithson, Michael Heizer e Richard Long.
O evento faz parte da Exposição POR UM FIO e será realizado no dia 17/04, ás 16h na Galeria de Artes da Secretaria de Cultura e Turismo.

SERVIÇO

EVENTO: Exposição Abriu em Abril
PALESTRA: Intervenção Pública
DIA: 17/04/2010
HORÁRIO: 16h
LOCAL: Galeria de Artes da Secretaria de Cultura de Jaú
Secretaria de Cultura e Turismo - (14)3602-4777

USP/ESALQ: Jaú terá curso semi-presencial a partir de agosto.

Durante coletiva de imprensa, nesta quarta-feira, o vice-reitor executivo da USP e reitor da ESALQ, professor Antônio Roque Dechen apresentou o cenário geral da Universidade de São Paulo (USP) e Esalq desde a fundação e trouxe explicações sobre a instalação do campus jauense. Segundo Dechen, a Unidade Jaú (320 km da capital paulista) será voltada a atividades de pesquisas nas áreas de agroenergia e biomassa. A implantação dos cursos de graduação considerará a demanda regional e o amplo estudo realizado, podendo levar anos. Um processo burocrático como acontece no processo natural de implantação de qualquer curso, nas diversas áreas e regiões, da Universidade de São Paulo (USP). O vestibular da Unidade Jaú será universal, não favorecendo alunos da cidade e região, e sim aberto ao mundo. Dechen ainda ressaltou que poderão ser realizados cursos rápidos de especialização em agroenergia.

A confirmação está para o início do curso semipresencial

A partir de agosto de 2010, a Unidade Jaú já vai contar com curso semipresencial de especialização voltado a professores do ensino médio. Ainda não há detalhes sobre número de vagas e vestibular.

Vídeo

Loading...